:: ANGOLA :: EMBAIXADA :: SEC. CONSULAR :: ECONOMIA :: VIAGENS :: CULTURA :: LINKS
LEIS
INSCRIÇÃO CONSULAR
RECENSEAMENTO MILITAR
REGISTO CIVIL
CASAMENTO
DIVÓRCIO
ÓBITO
VISTOS DE ENTRADA
OBTENÇÃO DE PASSAPORTE
REGISTO DE NAVIOS
FORMULÁRIOS
English

REGISTO CIVIL 

OBJECTOS DO REGISTO CIVIL

  1. NASCIMENTO;
  1. FILIAÇÃO;
  1. ADOPÇÃO;
  1. CASAMENTO;
  1. ÓBITO;
  1. DIVÓRCIO.

 CONCEITO DE FAMÍLIA

 A Família, como núcleo fundamental da organização da Sociedade, é objecto de protecção do Estado, que se fundamente em casamento ou união de facto.

A Família deve contribuir para a educação de todos os seus membros no espírito do amor ao trabalho, do respeito pelos valores culturais e do combate às concepções ultrapassadas no seio do Povo da luta contra a exploração e a opressão e a fidelidade à Pátria e a Revolução. 

DIREITO AO NOME

 O filho tem direito  ao  uso dos apelidos paterno e materno. O nome do filho será escolhido por acordo entre o pai e a mãe, e na falta de acordo, pelo Tribunal, ouvido o Conselho de Família.

DECLARAÇÃO DE NASCIMENTO (ARTIGO 117º )

O nascimento ocorrido em Território Nacional deve ser declarado verbalmente, dentro dos trinta dias imediatos, na Conservatória ou no posto de Registo Civil da área do respectivo lugar.

 DECLARAÇÃO TARDIA DE NASCIMENTO 

( ARTIGO 22º ) 

O nascimento ocorrido em Território Nacional deve ser declarado verbalmente, mesmo após os trinta dias imediatos na Conservatória ou no posto de Registo Civil da área do respectivo lugar desde que pagos os emolumentos referentes a multa. 

DECLARAÇÃO SIMULTÂNEA DE NASCIMENTO E ÓBITO ( ARTIGO 124º)

Se o nascimento for simultaneamente declarado com o óbito do registando, far-se-á constar do assunto de nascimento, lavrado com as formalidades normais, que o registado é falecido e , logo em seguida, lavrar-se-á no livro próprio o assento de óbito. 

COMPOSIÇÃO DO NOME  ARTIGO 129º )

O nome completo compor-se-á, no máximo de seis vocábulos gramaticais simples,  dos quais só dois podem corresponder ao nome próprio, e quatro apelidos de família. 

 ALTERAÇÃO DO NOME  ARTIGO 129º ) 

O nome fixado no assento de nascimento só pode ser modificado mediante autorização do Ministro da Justiça.

Exceptuam-se, a alteração fundada em reconhecimento, legitimação, adopção ou casamento posterior ao assento.

ASSENTOS CONSULARES ( Artigo 67º C.R.C. )

1.             Os assento consulares referentes a angolanos, lavrados no estrangeiro pelos Agentes Diplomáticos, serão lavrados em duplicado.

2.             O exemplar destinado à Conservatória dos Registos Centrais, para fins da integração prevista no Artigo 6º, será lavrado em impresso, isento de selo, dos modelos anexos a este Código.

3.             O exemplar destinado à Conservatória dos Registos Centrais pode ser substituído, no caso de falta ou   extravio, por cópia autenticada do assento original.

 

Embassy of  the Republic of Angola All rights reserved

 24 Eleftheriou Venizelou Str., 15237 Filothei Athens Hellas. Phone: +30 210 6898681-2, Fax: +30 210 6898683